Welcome to Meus olhos te veêm!

Olá amados esse é um blog onde posto a minha história ''Meus olhos te veêm'' escrita por mim,onde terá fundamentos biblicos,ou seja é um web livro Gospel( um livro on-line).
Espero que gostem e fikem na paz do Senhor!
♦ Confiram também meu blog pessoal :click here
♦ Orkut : click here

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Capitulo 8 – Primeiras Aulas e Sonho prometido.

Capitulo 8 – Primeiras Aulas e Sonho prometido.


Acordei cedo esta manhã, eu e Will fomos à escola de música e em seguida Marcamos com a Rebeca as 18h00min para começar o curso...
Ao chegar à escola, meu coração começou a bater ligeiramente em questão de segundos, começou a dar aquele friozinho na barriga, sabe quando você chega no 1º dia de aula de uma escola que você é calouro? Bom esta foi a mesma sensação que senti...
Parecia até um sonho, ao entrar pude ouvir a linda sinfonia que vinha das salas, podiam-se ouvir diversos instrumentos desde bateria até flauta...
Aquele som era infinitamente mais agradável de qualquer outro som que eu já havia ouvido, na verdade acho que realmente era o som do meu coração...
Chegamos à recepção, e fomos fazer a inscrição, a mulher de voz fina com toda cautela e singeleza nos cumprimentou e começou a informar como seriam as aulas.
Will foi embora e me disse que ao terminar era para ligar para ele me buscar.
Então a moça da recepção me convidou a participar de uma aula para entender como seria... Eu disse que gostaria; então ela me levou a uma sala onde já havia outros alunos, então todos pararam e ela disse:
- Pessoal essa aqui é a Sara, ela em breve estará com vocês, hoje ela apenas participará de uma aula para entender com será as aulas.
Bom Sara o professor irá te auxiliar... Até mais, qualquer coisa estarei na recepção.
Os alunos deram um salver (oii) RS, e o professor se apresentou e me trouxe uma cadeira. A principio vou te mostrar o instrumento no qual você irar trabalhar... Disse ele.
Pode apalpar, sentir o peso, as formas, sintas as cordas... nos primeiros meses,irei ensinar somente os sons e a forma de tocar, mas se você quiser se aprofundar melhor você terá que saber ler em braile para poder entender as tablaturas... Ele afirmou.
Comentei com ele que começaria a fazer aulas de braile com uma amiga.
Então eu disse:
- Professor tenho certeza que irei aprender rápido e não vejo a hora de aprender a tocar.
Então ele foi me mostrando o que era cada peça, cada fio, enfim um pouco do básico manual do violino. rs
Através do tato eu pude sentir e perceber tudo o que ele estava dizendo.
Depois de algum tempo, acabou a aula e liguei para o Will e fomos embora.
Passamos em casa, almoçamos, passeamos com o Billy e ao entardecer fomos para a Casa da rebeca...
Ao chegarmos Will se foi e começamos a por a mão na massa. A principio, rebeca começou a me explicar a teoria de braile, pegou alguns papéis escritos em braile e começou a me ensinar o porquê de cada ponto e tal...
Rebeca disse que eu começaria primeiro aprendendo o abecedário, me senti como se voltasse a 1º serie, porém como estivesse fazendo um curso preparatório para a vida.
Depois de cerca de 2 horas, voltei para casa... Apesar de o dia ter sido corrido, eu estava tão feliz que não tinha tempo para me sentir cansada.
Já era cerca de 21h00min, uma noite de chuva e Ruan me telefona. Atendo e ele diz...
-Eu tive um sonho, e preciso falar com você... É referente a nós; eu posso ir ai, ele me pergunta.
-Sim, pode vir... Eu disse.
Despedimo-nos e Desligamos.
E contemplando o som da chuva, aguardei até ele chegar.

6 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAHN, QUE FOFO *-*
    continue, amr (:

    ResponderExcluir
  2. First I want to congratulate you for this amazing blog!
    Want to know about shopping mall hotels and many more.
    Log On To http://www.whydubai.net

    We hope you like it. Please send us any feedback and help us improve the sites further.

    ResponderExcluir
  3. Quantas Vezes
    Quantas vezes nós pensamos em desistir,
    deixar de lado, o ideal e os sonhos;
    Quantas vezes batemos em retirada,
    com o coração amargurado pela injustiça;
    Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade,
    sem ter com quem dividir;
    Quantas vezes sentimos solidão,
    mesmo cercado de pessoas;
    Quantas vezes falamos,
    sem sermos notados;
    Quantas vezes lutamos
    por uma causa perdida;
    Quantas vezes voltamos para casa
    com a sensação de derrota;
    Quanta vezes aquela lágrima,
    teima em cair, justamente na hora
    em que precisamos parecer fortes;
    E Deus insiste em nos abençoar,
    em nos mostrar o caminho:
    Aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito.
    E a gente insiste em seguir,
    por que temos uma missão:
    SER FELIZ !
    Às vezes nos deparamos com situações que
    Nos afligem, nos fazem sentir, e até mesmo chorar...
    Mais saiba por certo, que a cada momento da vida,
    Cada lágrima caída, cada sorriso dado, estará
    Tudo anotado no diário de Deus...
    Diacono Sergio

    ResponderExcluir
  4. A cada capítulo a estória fica mais interessante e ainda mais o paralelo entre a cegueira física e a espiritual. O recomeço da personagem é um recomeço pelo que passamos com Cristo. Estamos sempre aprendendo coisas novas assim como a personagem está aprendendo o braile e a ver a vida pela visão espiritual.

    ResponderExcluir
  5. Lembro a todos o endereço do meu blog e se alguém não o viu escrito em outra página, aqui está: http://viniciuscannone.blogspot.com/2009/10/vidas-separadas.html. Vou gostar muito que entrem como seguidores e comentem também.

    ResponderExcluir